Reitor da UPE convoca comunidade acadêmica para participar da Caravana da Inovação

O reitor da Universidade de Pernambuco (@upenasredes), Pedro Falcão, convida a todos e a todas para participarem da segunda edição da Caravana da Inovação.

O evento ocorrerá entre 28 de outubro e 6 de dezembro e é uma iniciativa da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado (Secti-PE), e conta a parceria da UPE, onde três consultas públicas serão realizadas nos campi de Salgueiro (09/11), Serra Talhada (10/11) e Arcoverde (16/11).

A ação itinerante terá o objetivo de mobilizar a população pernambucana e as instituições do Sistema Pernambucano de Inovação (SPIn) para a discussão e construção da nova política de CT&I do Estado, com eixos norteadores e linhas de ações.

A Caravana da Inovação também ocorrerá em formato virtual, através de uma plataforma online, para que todos os pernambucanos possam colaborar e participar das atividades e debates.

Contamos com sua participação!

Fique atento ao calendário da Caravana de Inovação.

Para saber se vai passar perto da sua cidade, acesse a plataforma pelo link https://www.caravana.pe.gov.br/

TEXTO: SECTI-PE

Campus Mata Norte da UPE divulga vencedores de torneio de xadrez que integra projeto de extensão do curso de Matemática

Promovido pelo Campus Mata Norte da Universidade de Pernambuco (UPE), o quarto Torneio de Xadrez teve como vencedor o aluno do curso de Matemática José Alan, morador da cidade de João Alfredo. Também da Mata Norte foram os segundo (Anderson Henrique - Biologia, de Paudalho) e terceiro lugares (Thiago Araújo - Matemática, de Bom Jardim).

Realizada na plataforma lichess.org, a competição teve 53 participantes de forma online e integrou a programação da Semana Universitária 2021. O sistema de disputa foi o emparceiramento suíço e a modalidade escolhida foi a rápida (10 minutos por partida + 5 segundos por movimento).

O torneio foi a parte prática do curso "Do Zero ao Primeiro Torneio de Xadrez" (Edital de Extensão 01/2021-PFA/PROEC), coordenado pelos docentes do curso de licenciatura em Matemática Gerson Henrique e Esdras Jafet e ministrado pelos professores Louis Carlos Barreto Lins, Claudio Roberto, Emanuel Henrique e Rinaldo Lima.

O curso, ministrado em cinco aulas entre os meses de setembro e outubro, tinha a proposta de ensinar desde os movimentos básicos às primeiras lições de aprofundamento no imenso universo do xadrez.

Academia Pernambucana de Ciências inaugura sede oficial em prédio da reitoria da UPE

Fundada em 1978, a Academia Pernambucana de Ciências (APC) passará a funcionar no prédio da reitoria da Universidade de Pernambuco (UPE). A inauguração da nova sede oficial da entidade aconteceu na manhã desta terça-feira (19).

Participaram da solenidade o atual presidente José Antônio Aleixo da Silva, o tesoureiro José Thadeu Pinheiro, o fundador Valter da Rosa Borges, membros da diretoria, o reitor Pedro Falcão e a vice-reitora Socorro Cavalcanti. 

Anísio Brasileiro, que foi reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e será o novo presidente da APC para o biênio 2021-2023, também participou da inauguração. 

O reitor da UPE Pedro Falcão destacou a importância da atuação da APC. “A ciência nos inspira a prosseguir e pensar o melhor para a sociedade”, afirmou.

A Academia Pernambucana de Ciências é uma sociedade civil, laica, sem fins lucrativos nem político-partidários, de natureza técnica, científica e educacional. 

Sua finalidade é promover o desenvolvimento de todos os setores do conhecimento humano, visando também a prestação de serviços à sociedade, seja por seus próprios recursos, seja em colaborações ou financiamentos de entidades públicas, privadas e de pessoas físicas ou jurídicas.

No Dia da Poesia, estudante da FENSG cria homenagem em cordel aos 30 anos da UPE

No Dia do Poeta, celebrado neste 20 de outubro, compartilhamos o cordel em vídeo feito pela estudante da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (FENSG) Bárbara Maria Viana de Couto, que vai fazer 20 anos de idade na próxima sexta-feira.

Trata-se de uma homenagem aos 30 anos da Universidade de Pernambuco que foi exibida no I Encontro de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida no Trabalho, promovido pela Pró-reitoria de Desenvolvimento de Pessoas da UPE. O evento termina nesta quarta-feira.

Moradora de Lagoa do Ouro, no Agreste pernambucano, Bárbara escreve versos desde os oito anos de idade. Segunda não ela, o contato com a arte popular se deu com a família. O pai gostava de improvisar toadas e a mãe também gostava de criar poesias.

No sétimo período do curso de enfermagem da FENG/UPE, ela aproveita sua vocação para criar poesias em defesa da saúde e da educação.

No Instagram, @barbara_mvc criou um perfil para divulgar seus trabalhos, o @cordelizei.

UPE e outras instituições de ensino pernambucanas fazem ato virtual contra cortes no orçamento do CNPq

Frente ao recente cenário de cortes de recursos para o fomento à ciência no Brasil, a Universidade de Pernambuco (UPE) e outras seis instituições de ensino do Estado promovem o “Ato Pernambuco em Defesa da Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação – CNPq: patrimônio nacional”. A manifestação pública em apoio à mobilização nacional em defesa da ciência contará com a participação de reitores, vice-reitores, representantes de entidades científicas e da sociedade, e será realizada nesta quarta-feira (20), a partir das 9h, com transmissão ao vivo pelo canal da UFPE no YouTube.

Além da UPE, promovem o ato a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape), o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) e o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE). O evento terá ainda a participação de representantes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies).

Participam ainda membros da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), Academia Pernambucana de Ciências (APC), Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco (Secti), Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) e União Nacional dos Estudantes (UNE), além de parlamentares da bancada pernambucana, entre outras instituições que ainda estão confirmando presença.

CORTES – Já convivendo com um cenário de falta de investimentos e sucessivos cortes, a ciência e a pesquisa brasileiras foram duramente impactadas por decisão recente do Ministério da Economia de retirar o crédito suplementar de R$ 690 milhões – aproximadamente 90% dos recursos disponíveis para a ciência no País. De acordo com a organização do Ato Pernambuco, a reversão dos cortes se faz necessária por eles colocarem em risco o funcionamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), entidade que promove o fortalecimento e consolidação dos grupos de pesquisa nacionais e que também apoia os laboratórios de pesquisa distribuídos pelo País.

Os cortes também irão inviabilizar as bolsas de pesquisa, de iniciação científica e de pós-doutorado no País, que já não possuíam expectativa de ampliação do quadro geral. Além disso, cerca de R$ 2 bilhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) seguem pendentes de destinação, prejudicando o desenvolvimento científico no Brasil.

Conforme explicam os organizadores da manifestação pública desta quarta (20), o contexto de corte orçamentário atual segue na contramão de estratégias adotadas por países que buscam vencer a crise causada pela covid-19, essenciais no movimento de retomada pós-pandemia. A desvalorização do setor e do desenvolvimento científico provoca a saída de especialistas e destrói a capacidade competitiva do País em trabalhar na fronteira do conhecimento humano, causando prejuízos que serão sentidos pelas atuais e futuras gerações.